Encontro de capoeira em Itaporanga reúne praticantes de toda a região

capoeira 3

 

A Praça da Matriz foi tomada na noite desse domingo, 22, pela capoeira, uma expressão cultural contagiante, tipicamente brasileira e que tem raízes na cultura negra nacional e sua luta pela liberdade no tempo da escravidão.

Ao som do birimbau, uma roda de capoeira se formou na praça e reuniu dezenas de praticantes de todas as idades: capoeiristas locais se misturaram a grupos de Aguiar, Conceição, Piancó, Ibiara, Teixeira, Serra Talhada e entraram no ritmo coordenados pelo Mestre Balu, que é de Patos e foi um dos convidados especiais.

A iniciativa e organização do encontro de capoeira foi de Robson Ferreira, conhecido como Pit Bull, e Adriano Ferreira, o Kuririm, que leva à atividade a escolas e também atua voluntariamente arregimentando crianças e jovens para o esporte, uma forma de inclusão social. Os seus alunos estavam na roda, que atraiu muitos olhares: as pessoas pararam para assistir ao espetáculo capoeirista.

 

 

 

 

Folha do Vale

Deixe uma resposta